Documento sem título




 
REFLEXÕES SOBRE O CAMINHO PARA A IGREJA
Este artigo foi visto 431 vezes.
 

REFLEXÕES SOBRE O CAMINHO PARA A IGREJA

 

Quando nosso dever nos chama para um lugar sagrado, não pode alguém dizer que se assemelham a criminosos sendo conduzidos diante de seus juízes a serem condenados às piores torturas possíveis, em vez de cristãos que amam e que por si só deveriam levar a Deus? 

Como muito cego estamos nós, meus queridos irmãos, que têm tão pouco coração para as coisas do Céu, enquanto, ao mesmo tempo, estamos tão ocupados com as coisas do mundo! Na verdade, quando se trata de questões temporais ou mesmo de prazeres, todo mundo vai estar preocupado com eles. Eles vão pensar sobre eles com antecedência. Eles vão meditar sobre eles.

Mas, infelizmente, quando a questão é um dos serviços do nosso Deus e a salvação de nossas almas pobres, a coisa toda se torna uma questão de indiferença rotina e inconcebível.

Suponha que alguém quer falar com uma pessoa muito importante ou influente e pedir-lhe algum favor. Ele vai me debruçar sobre o assunto por um longo tempo com antecedência. Ele irá consultar outros a quem ele acha melhor educado ou mais experiente do que ele próprio, a fim de descobrir de que maneira ele deve abordar essa pessoa. Ele aparece diante dele com aquele porte modesto e respeitoso que, de modo geral, a presença de tal personagem inspira. Mas quando ele entra na casa de Deus, ah, não há mais esse tipo de coisa. Ninguém pensa em seguida, do que ele está prestes a fazer ou do que ele está prestes a pedir a Deus.

Diga-me, meus queridos irmãos, quem é que, como ele está indo junto à Igreja, está dizendo para si mesmo: Para onde vou?

É a casa de um homem ou para o palácio de um rei? Oh, não, é para a casa do meu Deus, para a morada daquele que me ama mais do que a Si mesmo, uma vez que Ele morreu por mim, a quem Seus compassivos olhos estão cientes de minhas ações, cujos ouvidos estão atentos às minhas orações, sempre pronto para ouvir as minhas orações e perdoar. Preenchido com esses pensamentos abençoados, por que nós não exclamamos com o santo rei Davi: "Ó minha alma, se alegra que você está prestes a entrar na casa do Senhor", para dar-Lhe a homenagem, para Lhe mostrar as suas necessidades, para ouvir Suas palavras divinas, para Lhe pedir suas graças.

Oh que coisas que eu tenho que dizer a Ele, o que graças eu tenho que pedir a Ele, que gratidão que tenho de pagar a Ele! Eu falarei com Ele de todas as minhas preocupações, e eu sei que Ele vai me consolar. Eu vou admitir meus erros a Ele, e Ele vai me perdoar. Eu vou falar com Ele da minha família, e Ele irá abençoá-la com todos os tipos de misericórdias. Sim, meu Deus, eu Vos adoro no Seu santo templo, e eu vou voltar de lá cheio com todos os tipos de bênçãos.

Diga-me, meus queridos irmãos, qual é o tipo de pensamento que te ocupa quando seus deveres religiosos te chamam à Igreja?

São aqueles, na verdade, os pensamentos que você tem, depois de ter desperdiçado a manhã inteira em discutir suas vendas e suas compras, ou, pelo menos, alguns outros assuntos totalmente inúteis? Você vem junto e com pressa para ouvir uma Missa que muitas vezes é pela metade?

Ai de mim! Se me atrevo a colocar em palavras como muitos vão visitar o deus da embriaguez antes de seu Criador; e, chegando à Igreja cheios de vinho, eles vão falar e se preocupar com questões temporais até a própria porta! Oh! Meu Deus! São estes cristãos, que devem viver como anjos na terra?

Qual de vocês, minha boa mulher, não ocupou os seu pensamento em boa parte de seu tempo, pensando em como se vestir melhor para agradar as pessoas que você conhece, quando você sabe que está indo para um lugar onde você deve ir apenas para lamentar os seus pecados?

Na verdade, muitas vezes o Sacerdote está ascendendo o altar enquanto você ainda está girando ao redor e ao redor, olhando para si mesma na frente de um espelho. 

Ah, meu Deus! São estes realmente os cristãos que tomaram Você para o seu modelo, Você, cuja vida inteira foi gasto em meio ao desprezo e lágrimas? 

Ouça, meu caro jovem, ao que Santo Ambrósio, Bispo de Milão, tem para lhe ensinar. Enquanto ele estava na porta da Igreja um dia e viu uma jovem se aproximando vestida com o maior cuidado, ele falou com ela. __"Onde você está indo, jovem?" ele perguntou. Ela lhe disse que ela estava indo à Igreja. __"Você está indo para a Igreja", o santo Bispo disse-lhe: __"Mas talvez, você me faz  pensar que está indo para a dança ou para um jogo ou um espetáculo.

Vá embora, mulher pecadora, vá chorar por seus pecados em segredo, e não venha à Igreja para insultar com seus adornos frívolos um Deus crucificado ".

Meu Deus! Como nosso século nos proporcionou .... [frase incompleta - trad.] Quantas pessoas quando eles estão vindo para a Igreja não pensam em mais nada a não ser em si mesmos e em suas roupas e estilos.

Eles entram no templo do Senhor, dizendo das profundezas do seu coração: "Deem uma boa olhada em mim." Quando vemos tais disposições erradas, como podemos deixar de derramar lágrimas?

E vocês, pais e mães, quais são as suas disposições quando você vem à Igreja, à Missa? Ai de mim! Devemos admitir com tristeza que mais freqüentemente os pais e mães que vemos estão vindo para a Igreja quando o padre já está no altar, ou mesmo no púlpito! Ah, você vai me dizer, viemos o mais rápido que pudemos. Nós temos outras coisas para fazer.

Sem dúvida, você tem outras coisas para fazer. Mas eu sei muito bem, também, que, se você não deixar até Domingo, os cento e uma coisas em suas casas que você deveria ter feito no sábado, e se você tinha começado um pouco mais cedo na parte da manhã, você teria feito todos eles antes Santa Missa, e você teria chegado à Igreja antes do Sacerdote ter subido ao altar. 

E pode ser a mesma coisa, também, com seus filhos e seus servos: se você não tivesse ficado dando-lhes ordens até o último toque do sino na Missa, eles teriam chegado à Igreja no início. Eu não sei se Deus receberá todas estas desculpas facilmente; Eu não penso assim.

Mas por que, meus queridos irmãos, eu deveria falar de casos particulares? Certamente porque a maioria de vocês  se comporta dessa maneira.

Sim, quando você é chamado à Igreja é para que as graças de Deus possa ser administrada a você, qualquer um pode ver esta falta de entusiasmo em você, essa indiferença, esse tédio que te consome, esta desatenção praticamente geral. Diga-me, onde você vai ver a maioria da congregação geral, quando os serviços estão começando? São as Vésperas metade disse não pelo tempo que você chegar?

Temos trabalho a fazer, você me vem me dizer.

Bem, meus amigos, se você fosse me dizer que você não tem nem fé, nem amor de Deus, nem o desejo de salvar as vossas almas pobres, eu acredito em você muito melhor. Ai de mim! O que alguém pode pensar em tudo isso? 

Há muito a lamentar no que é para ser visto das disposições da maioria dos cristãos! 

Uma grande maioria parece vir à igreja apenas em despeito de si mesmos ou, se me atrevo a colocar dessa maneira, como se alguém estivesse arrastando-os lá. Da casa para a Igreja, assuntos temporais só são discutidos. 

Um grupo de jovens meninas juntas vai falar sobre nada, exceto estilo, beleza e todo o resto; os jovens só dos jogos e diversões ou de outras matérias que são mais ruins. Os pais ou os mestres das famílias irao conversar sobre suas propriedades ou de negócios, sobre compra e venda. As mães estão preocupadas apenas com suas famílias e seus filhos. Ninguém vai ir tão longe a ponto de negar isso. Ai de mim! Nem um único pensamento será dado para a felicidade que eles estão prestes a ter, não uma única reflexão sobre as necessidades de suas almas pobres ou aqueles de seus filhos ou os seus servos! 

Eles entram no templo sagrado, sem respeito, sem atenção, e um grande número deles tão tarde quanto é possível. Quantos outros nem sequer se dão ao trabalho de ver a tudo, mas ficam de fora, a fim de encontrar melhores formas de se distrair? A palavra de Deus não é problema em suas consciências: eles olham em volta para aqueles que estão indo e vindo .... Meu Deus! São estes realmente os cristãos para quem Você sofreu tanto, a fim de torná-los felizes? E isso é tudo, o que acha disso? ....

Com disposições assim, quantos pecados devem ser cometido durante os serviços? Quantas pessoas devem cometer mais pecados no Domingo do que durante todo o resto da semana! ....

Ouça o que St. Martin tem para dizer ... Enquanto ele estava cantando a Missa com St. Brice, seu discípulo, ele notou o último sorriso. Depois que tudo acabou, perguntou-lhe o que tinha feito sorrir. St. Brice respondeu: __"Pai, eu vi uma coisa extraordinária enquanto estávamos cantando a Santa Missa. Atrás do altar, vi um diabo, e ele estava escrevendo em uma enorme folha de pergaminho os pecados que estavam sendo cometidos na Igreja, e sua folha ficou completa e  antes da Missa foi concluída. Então o diabo tomou a folha de pergaminho entre os dentes e puxou-o com tanta força quese rasgou em pedaços. Isso foi o que me fez sorrir. "

Que pecados, pecados e até mesmo mortal, nós nos comprometemos durante os serviços por nossa falta de devoção e recolhimento! Ai de mim! O que aconteceu com aqueles momentos felizes quando os cristãos passaram não só o dia, mas até mesmo a maior parte das noites na Igreja, lamentando por seus pecados e cantar os louvores de Deus? Veja, mesmo no Antigo Testamento, consulte santo a profetisa Ana, que se retirou em uma tribuna, a fim de  não deixar o serviço de Deus nunca mais. Olhe para o santo velho Simeão.

Veja novamente Zacarias e tantos outros que passaram a maior parte de suas vidas no serviço do Senhor. E note, também, quão maravilhosas e quão preciosas foram as graças que Deus derramou sobre eles. Para premiar Ana, Deus quis que ela deveria ser a própria, a primeira a reconhecer nosso Senhor.

O velho santo Simeão também foi o primeiro, depois de St. José, em ter a felicidade, a felicidade muito grande, de segurar o Salvador do mundo em seus braços. O santo Zacarias foi escolhido para ser o pai de uma criança destinada a ser o embaixador do Pai Eterno, ao anunciar a vinda de Seu Filho ao mundo. Ó que graças maravilhosas Deus não concede àqueles que fazem o seu dever de visitá-Lo no seu santo templo tanto quanto puderem ....

 

 



 
 

ATENÇÃO! - Todos os artigos disponíveis neste sítio são de livre cópia e difusão deste que sempre sejam citados a fonte www.padresanto.com.br

 


     VEJA MAIS:


  O PURGATÓRIO (474 Hits)
  PRERROGATIVAS DA ALMA PURA (620 Hits)
  CATECISMO DA SANTÍSSIMA VIRGEM MARIA (587 Hits)
  CATECISMO SOBRE O AMOR DE DEUS (446 Hits)
  CATECISMO SOBRE A SALVAÇÃO (468 Hits)
  MÁ COMPANHIA (531 Hits)
  O ESGÔTO DO INFERNO (533 Hits)
  A RAIVA NÃO VIAJA SÓZINHA (553 Hits)
  O VINHO É SEU DEUS (415 Hits)
  REFLEXÕES SOBRE O CAMINHO PARA A IGREJA (431 Hits)


 
Visitas Únicas Hoje: 129 - Total Visitas Únicas: 228819 - Usuários online: 10
2009 - www.padresanto.com.br - Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por Espacojames