Documento sem título




 
JESUS À SANTA BRÍGIDA_SOBRE UM MAL PAPA
Este artigo foi visto 603 vezes.
 

 

Nosso Senhor a Santa Brígida


_Agora declaro Meu desgosto para contigo, cabeça de minha Igreja, tu que te sentas em minha Cátedra. Concedi este cargo a Pedro e a Seus sucessores para que se sentassem com uma tripla dignidade e autoridade: primeiro, para que pudessem ter o poder de ligar e desligar as almas do pecado; segundo, para que pudessem abrir o Céu aos penitentes; terceiro, para que fechassem o Céu aos condenados e àqueles que Me desprezam. Mas tu, que deverias estar absolvendo almas e Me as oferecendo, és realmente um assassino das minhas almas. Designei  Pedro como pastor e servo de Minhas ovelhas, mas tu as dispersas e as feres, és pior que Lúcifer.

Ele tinha inveja de Mim e não perseguiu para matar ninguém mais que a Mim, de forma que pudesse governar em Meu lugar. Mas tu és o pior, porque não só Me matas ao apartar-Me de ti por teu mau trabalho senão que, também, matas as almas devido ao teu mau exemplo. Eu redimi almas com Meu Sangue e te as recomendei como a um amigo fiel. Mas tu as devolves ao inimigo do quais Eu as resgatei, és mais injusto que Pilatos.  Ele tão somente Me condenou à morte. Mas tu não somente Me condenas como se Eu fosse um pobre homem indigno, como também condenas as almas de Meus eleitos e deixas livres os culpados. Mereces menos misericórdia que Judas. Ele tão somente Me vendeu, mas tu, não só Me vendes, como também vendes as almas de Meus eleitos com base em teu próprio proveito e vã reputação. Tu és mais abominável que os judeus. Eles tão somente crucificaram Meu corpo, mas tu crucificaste e
castigaste as almas de Meus eleitos para quem tua maldade e transgressão, são mais afiadas que uma espada.

Assim, posto que és como Lúcifer, mais injusto que Pilatos, menos digno de misericórdia que Judas e mais abominável que os judeus, Meu aborrecimento contigo está justificado.

O Senhor disse ao segundo homem, ou seja, o que representa os leigos:

_“Eu criei todas as coisas para teu uso. Tu me deste teu consentimento e Eu a ti.
Prometeste-Me tua fé e Me juraste que me servirias. Agora, entretanto, te separaste de Mim como alguém que não conhece a Deus. Referes-te às Minhas palavras como mentiras e a Meus trabalhos como carentes de sentido. Dizes que Minha vontade e Meus mandamentos são muito duros. Tens violado a fé que Me prometeste. Destruíste teu juramento e abandonaste Meu Nome.
Tens te afastado a ti mesmo da companhia de Meus Santos e te integraste na companhia dos demônios fazendo-te sócio deles. Tu não crês que ninguém mereça louvor e honra a não ser tu mesmo. Consideras difícil tudo o que tem a ver Comigo e o que estás obrigado a fazer por Mim, enquanto que as coisas que gostas de fazer são fáceis para ti. É por isso que Meu aborrecimento contigo está justificado, porque quebraste a fé que Me prometeste no Batismo e depois dele. Além disso, Me acusas de mentir sobre o amor que te mostrei por palavra e através de fatos. Disseste que Eu era um louco por sofrer”.


''As revelações de Santa Brígida'' páginas 60, 61 e 62.



 
 

ATENÇÃO! - Todos os artigos disponíveis neste sítio são de livre cópia e difusão deste que sempre sejam citados a fonte www.padresanto.com.br

 


     VEJA MAIS:


  EU SOU O CRIADOR DE TODAS AS COISAS (43 Hits)
  AS PROVAS DE SUA PRESENÇA (116 Hits)
  EM ADORAÇÃO (103 Hits)
  APENAS QUINZE MINUTOS (140 Hits)
  O JUÍZO DIVINO (259 Hits)
  ADOTE ESPIRITUALMENTE UM BEBÊ (257 Hits)
  O MEU VIGÁRIO: VÍTIMA AGRADÁVEL A MEUS OLHOS (201 Hits)
  QUASE TODOS OS MEUS SACERDOTES SÃO DOUTORES (228 Hits)
  A DOR É UM DOM DE DEUS (252 Hits)
  JUNTO DE MIM (201 Hits)


 
Visitas Únicas Hoje: 115 - Total Visitas Únicas: 236776 - Usuários online: 10
2009 - www.padresanto.com.br - Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por Espacojames